ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CRIADORES DE CAVALOS DA RAÇA MANGALARGA

Mangalarga, o Cavalo de Sela Brasileiro

PT

Logo

Imprinting em potros recém nascidos



Existe uma maneira eficaz de assegurar que seu equino recém-nascido seja manejável e fácil de treinar mais tarde. Saiba qual é esta técnica:

Existe uma maneira de praticamente garantir que seu potro recém-nascido seja manejável e fácil de treinar mais tarde, valorizando a sua vida atlética. O processo tem o nome de IMPRINTING e é realizado em até duas horas após o nascimento. "Na minha opinião, acho que atualmente muitos cavalos estão sendo mal treinados e um pouco agressivos. Os potros precisam aprender a serem conduzidos sem resistência. Tão importante quanto isso é o que o jovem cavalo aprenda desde cedo que ele sempre deverá ficar condicionado a nós através de um vínculo de confiança mutua", diz o Dr. Francisco Lança.

Os objetivos do processo são:
- Ligação com os seres humanos.
- Dessensibilização a certos estímulos.
- Sensibilização para outros estímulos.
- Apresentação para os seres humanos.

TÉCNICA
Cronometragem
É importante entender que se feito de forma inadequada o processo de imprinting pode fazer mais mal do que bem. O imprinting deve ser feito no momento do nascimento, sendo que o processo é perdido após o primeiro dia e, talvez, poucas horas depois do parto. Você pode treinar um potro após o nascimento, mas este método é um pouco diferente.

Persistência
Não é difícil de fazer: você só deve ser persistente em cada etapa para cumprir a meta, a aceitação da estimulação, antes de passar para a próxima etapa. Parar antes da aceitação pode resultar no efeito oposto, a maior sensibilidade.

Confiança
Comece ajoelhado na parte de trás do potro, agarrando o pescoço do animal até flexioná-lo suavemente na direção da cernelha. Isso vai evitar que o potro fique de pé. Passe a toalha no potro. Durante esse tempo permita o acesso irrestrito da égua ao potro. Este procedimento permite que o animal conheça você e o tome como fator dominante na vida dele. Isso não é medo, mas respeito.

Dessensibilização
A primeira dessensibilização é feita utilizando a toalha. "Comece na cabeça e a esfregue suavemente. Você deve enfiar o dedo suavemente na boca, nos ouvidos e nas narinas. Isso pode ter de ser repetido até uma centena de vezes", aponta o veterinário. Ser persistente é vital para cumprir o objetivo: completa aceitação e relaxamento. "O potro vai resistir à realização desses procedimentos, então, ele deverá ser firmemente contido até que pare". Cuidado com os pés! Continuar o tratamento esfregando até que o potro possa aceitá-lo completamente, em seguida, mover a toalha para baixo do corpo.

Dividindo o corpo em seções, o potro será facilmente manipulado e você trabalhará em cada uma até que a aceitação seja estabelecida. Quando você começar, o potro será muito reativo e tenso, mas vai relaxando com o tempo. Vá para trás e reavalie todas as áreas para ter certeza de que elas estão verdadeiramente insensíveis. "Evite a dessensibilização na virilha. As pernas devem ser repetidamente flexionadas e esticadas até que o potro se torne passivo para o processo. A parte inferior do pé pode ser manipulada suavemente com a palma da mão para quando iniciar o casqueamento. Áreas onde você pode minimizar são o ??períneo e virilha. Passe mais tempo com as tetas, o escroto e o pênis, uma vez que tais partes são importantes na Reprodução". Uma vez que o potro está aceitando totalmente estes procedimentos, vire do outro lado e repita os procedimentos.

Tempo
O tempo do processo de dessensibilização pode demorar uma hora ou mais e somente depois é permitido ficar de pé e mamar. Não se apresse. Continue a trabalhar com cada área até que o potro esteja completamente relaxado. Só então passe para a próxima região.

RESULTADO
Após este procedimento, o potro é complacente, aceitando a companhia humana, e facilmente conduzido e treinado. O imprinting é permanente e resulta em um potro destemido, mas respeitador.

Fonte:
http://www.byvet.blogspot.com.br

Logo

Anúncios


Logo

Parceiros